CicBenSil
Poesia - Literatura - Filosofia - Autoajuda- Espiritualidade
Capa Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
Áudios
TUDO DENOVO NO ANO NOVO?!
Data: 06/03/2009
Créditos:
Texto: Tudo Denovo No Ano Novo?! - Cícero Silva

Voz: Cícero Silva

Trilha Sonora:

Edição de som: Cícero Silva

Software de edição: Audacity
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
TUDO DENOVO NO ANO NOVO?!

Em meus 31 natais e anos denovo, sempre me questionei se as pessoas são verdadeiramente sinceras e efusivas em seus desejos, se na manifestação destes vão além da tradição e automatismo verbal (papagaiada), se as frases de papagaio de pirata transcendem a verbalidade para a genuína sentimentalidade emanada das fibras da alma, se o feliz natal vem com a energia da felicidade, se o feliz ano novo é carregado do entusiasmo da renovação, eu percebi primeiro nas outras pessoas uma artificialidade nessas expressões e depois em mim mesmo, que bom, eu como escritor deveria saber que palavras corrompem a genuína expressão da alma, que não importa muito o que se diz mas como é dito , a embalagem pode ser pouco atraente desde que o conteúdo seja irresistível... Mas quem tem olhos para ver o invisível? As emoções são as silabas da alma, e o sentimento nelas contido é a melodia inconfundível... sutil ou estridente, harmônica, envolvente, monótona ou irritante...

Por isso, não lhes desejarei nada de bom, nem sucesso ou prosperidade, tampouco saúde, amor ou paz de espírito, nem a tão almejada felicidade, como vou lhes dar o que não tenho? Não lhes darei uma falsa esperança, ou uma motivação frágil que irá se evaporar na rotina e no esquecimento, apenas para cumprir um protocolo social.

Todavia lhes desejarei, com jubilo e entusiasmo uma ousada reflexão:

Desejo que você seja demitido do emprego, para passar mais tempo consigo mesmo.

Lhe desejo que quando se tornar no trabalho uma maquina de atividades e sobrecarregado parar de funcionar, tenha consciência para perceber que és humano com afetividade e tens também pessoas amáveis para dedicar seu tempo e atenção.

Desejo que você pague mico e seja ridicularizado, para aprender a não se levar a sério de mais.

Desejo que seus clientes te irritem, te afrontem te estressem para você aprender a ser gentil, cordial e atencioso com vendedores, balconistas, atendentes motoristas em fim pessoas que anseiam ser apreciadas e respeitadas como você mesmo.

Desejo a você falsos amigos para que reconheça a lealdade dos verdadeiros.

Lhe desejo que perca uma grande paixão para encontrar o pequeno amor.

Lhe desejo as posições mais baixas da carreira para aprender a sustentar e ser a base das mais altas.

Desejo que seja abandonado para aprender a cuidar de si mesmo.

Lhe desejo momentos de tristeza para que você aprenda a alegrar os outros.

Desejo que você caia do salto para aprender a não se embriagar na vaidade.

Eu lhe desejo que passe fome muita fome de desejo, para que tenha muito apetite de realização.

E desejo que sonhe alto sonhe muito alto, a ponto de cair dos sonhos e despertar para realizá-los.

Em fim o que lhe desejo sinceramente é sabedoria! Sabedoria para saber o que deseja, para saber usar tudo o que é para ser mais do que deseja ser. Que você tenha sabedoria para saber do que é capaz e como ser capaz de saber reconhecer tudo o que é...


2012 é pra valer, não faça pose. Faça Acontecer!
Seja feliz por você!
Enviado por CicBenSil em 28/12/2008
Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
TRANSPOESIA A LUZ DA INSPIRAÇÃO R$ 19,00