CicBenSil
Poesia - Literatura - Filosofia - Autoajuda- Espiritualidade
Capa Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
Textos
TUDO É SENTIDO
Não aprecio fotografia, seria inútil se não fomentasse o pensamento e os movimentos perceptivos, fotos são estáticas, a fotografia é a morte do verbo é a prisão dos movimentos... a vida é dinâmica, se quiser sentir sinta diretamente com os sensórios: visual, auditivo, tátil, olfativo, gustativo e afetivo (do coração) sinta com o magnetismo da alma...e não se preocupe em registrar momentos da vida, eles fixam-se automaticamente na memória infinita do espírito.

A fotografia é um mero indicador, sempre aponta para algo além dela, a fotografia é egoísta e sem o auxilio da luz nada capta, por isso aprisiona o movimento e paralisa o sentimento... Portanto limita a graça e liberdade da vida, a foto assemelha-se ao pássaro engaiolado e a flor encarcerada no vaso.

Asseguro-lhes que é estupidez ou paralisia sensorial e extra-sensorial, tentar se apoderar das maravilhas cósmicas que nos cercam de exuberância de abundância do magnífico infinito, sendo que somos parte integral e interativa da arte e ciência Divina, tudo já esta em ti basta abrir uma ou todas as janelas da percepção.

Queres a beleza e fragrância das flores? Queres a harmonia do canto e a elegância do movimento dos pássaros? Desejas o frescor da brisa , o calor do sol, o toque das águas? O sabor dos frutos? O Amor da vida? Porque desejas o que já está em ti? Como ver sem enxergar, sentir sem tocar, cheirar sem inspirar, ouvir sem escutar, gostar sem provar, criar sem inspiração, confiar sem intuição e viver sem amar?

Queres beleza, veja! Quereres perfume cheire! Quereres harmonia ouça! Queres sentir toque, desejas saborear, prove! Queres criar se inspire! Queres confiar no ilógico, intua! Queres viver, ame!

Porque desejo sem ação é ilusão e desintegra-se na inatividade... intenção, desejo, idealização  ou sonho são projetos ou projeções, uma parte da realização que sem ação coordenada não manifesta-se no espaço, não fixa-se no vazio. E para ser é preciso sentir, para estar é preciso ir, e todo sentido precisa de movimento...

Deus é o verbo de todo sentido...

( Do livro “Janelas da Percepção”, não publicado)
CicBenSil
Enviado por CicBenSil em 15/06/2012
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
TRANSPOESIA A LUZ DA INSPIRAÇÃO R$ 19,00