CicBenSil
Poesia - Literatura - Filosofia - Autoajuda- Espiritualidade
Capa Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
Textos
Eterno Amoroso
 
Quem ama jamais desiste do seu amor
Seja o amor ou pelo amor que for.
Nem por medo, nem por vício, nem por dor.
Nem a guerra nem a queda nem a lama a solidão.
O perigo o abismo.
Nem o esquecimento a ingratidão.
Nem a morte ou a escuridão.
Nem nada que se oponha e nenhum opressor
Será obstáculo fará frente a um amador.
 
Sofrer, perder, morrer
Porque nenhuma força que ataque a Eterna Vida.
Poderá deter, dissolver ou render.
A plena energia o absoluto poder.
Do Amor.
 
Até mesmo porque, na divina radiância
O ladrão, o suicida, o vilão, o criminoso, o homicida
São todos composição dessa eterna substância.
Que mesmo em caóticas circunstancias.
Regeneram-se, reintegram-se á sua original exuberância.
 
Minha mente temporal e limitada.
Que somente essa dimensão alcança.
Jamais será equipada qualificada.
Para compreender  O Supremo Criador
Porém nos sensórios do Ser.
Posso intuir sentir e saber
Que tudo volta a ser Amor.



 
CicBenSil
Enviado por CicBenSil em 15/04/2014
Alterado em 11/08/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
TRANSPOESIA A LUZ DA INSPIRAÇÃO R$ 19,00